.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Pulseiras do Sexo

. Mastubarção Feminina,Saib...

. O.b =Confortávem Ou Chato...

. Tipos De Drogas

. O que se passa na nossa c...

. Duvidas Adolescentes²

. Dúvidas Adolescentes...

. Falando com os pais...Ixi...

. As Primeiras Relações

. Um Recadinho!

.arquivos

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

O que se passa na nossa cabecinha adolescente...

Os adultos questionam,mas só a gente sabe!

Tipo preocupação pelas notas baixas,brigas com o namo,chateada com a amiga,essas coisinhas,que para eles pareçam ser futéis!

Nós  adolescentes se preocupamos muito com o visual. É nessa fase que começam a despertar interesse pelo sexo oposto e se preocupam ainda mais em ficar em dia com o look. A adolescência é uma fase de mudanças e escolhas, onde começamos a pensar no futuro, fazer planos profissionais, familiares e nos preocupamos em escolher um estilo.

Nessa fase, já temos idade suficiente para fazer algumas mudanças, desde que sejam muito bem pensadas e com responsabilidade.

 

Será que eles nunca foram adolescentes?

Claro que sim!

A gente só quer mudar,ser diferente é normal!

rsrs

 

 

"A culpa é dos hormônios." Até há bem pouco tempo, a indisciplina e o comportamento emocionalmente instável dos adolescentes eram atribuídos à explosão hormonal típica da idade. Pesquisas recentes mostram, no entanto, que essa não é a única explicação para a agressividade, a rebeldia e a falta de interesse pelas aulas, que tanto preocupam pais e professores. Nessa fase, o cérebro também passa por um processo delicado, antes desconhecido: as conexões entre os neurônios se desfazem para que surjam novas. Simplificando: o cérebro se "desmonta", reorganiza as partes e em seguida se "monta" novamente, de forma definitiva para a vida adulta "(Isso é que um médico diz...aiai viu!)

 

Entre 13 e 19 anos, é comum os jovens apresentarem reações e comportamentos que independem da vontade deles. Portanto, nem sempre palavras ditas de maneira agressiva ou arrogante são fruto da falta de educação. Para quem convive diariamente com turmas dessa faixa etária — que ora parecem estar no mundo da lua, ora com pane no sistema — e quer conquistá-las, a saída é agir de forma firme, mas respeitosa.

 

A gente só quer viver a vida em toda a sua extensão,e se puder ainda mais um pouco!

 

publicado por damaryspizzi às 14:54
link do post | comentar | favorito
|